Fazenda Rio Grande foi palco na manhã de quinta-feira (14), de um grande debate sobre as gestões municipais, seus desafios e também alternativas para o desenvolvimento. O Encontro de Gestores Municipais do Paraná reuniu mais de 15 prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), além de aproximadamente 200 pessoas que lotaram o Teatro Municipal local.

O prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, presidente da Assomec, considerou a iniciativa muito boa, fundamental para a integração dos municípios da região. “O encontro atendeu a expectativa, tivemos uma participação maciça de prefeitos, prefeituras, entidades e palestrantes que apontaram alternativas para que possamos obter recursos e que cada administração possa ter um melhor desempenho em suas gestões”, comentou.

Na opinião do advogado e jurista Leonardo Militão os maiores desafios dos gestores estão no maior entendimento de novas regras e o tempo limitado para atender às demandas. “Os prefeitos que administraram há mais de dez anos não tinham, apesar de já existirem, os controles tanto dos tribunais de contas quanto das mídias sociais, que exigem respostas rápidas, além disso, há mudanças nas regras e leis que precisam ser muito bem acompanhadas”, comentou.

Durante o encontro também palestraram o consultor e ex-prefeito de Barracão, Joarez Lima Henrichs e Eduardo Stranz, da Confederação Nacional de Municípios (CNM), que abordaram temas como arrecadações, convênios e projetos.

O superintendente do IBGE no Paraná, Sinval Dias, alertou sobre a necessidade dos municípios preverem em suas LDO’s de 2018, orçamento visando ao censo a ser realizado pela Instituto em 2020.

“Faremos um novo Censo e para isso é necessário que os municípios se preparem e coloquem essas projeções em seus orçamentos”, disse.

Além deles, a diretora-executiva da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac), Patrícia Bernardi, falou sobre o Cartão Reforma, que deverá ser aplicado pelos municípios e que deve ganhar novo impulso com sua divulgação.

O diretor – presidente da Comec, Omar Akel, também falou sobre aspectos de integração metropolitana. Leandro Pirolo, da Celepar e representantes da BethaCom.

A prefeita de Colombo, Beti Pavin, elogiou o encontro. “O prefeito Marcio está de parabéns, é uma iniciativa que incentiva, ajuda na busca de alternativas para que possamos também ampliar nossas arrecadações e melhorar ainda mais nossas gestões”, afirmou.

O presidente da Câmara de Vereadores, Julinho do Pesque, ressaltou a importância do encontro. “São ações que nos fazem pensar e incentivam a estudar, aprender ainda mais as formas de gestões”, comentou.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Fazenda Rio Grande (Acinfaz), Gastão Gonchorovski disse que o desenvolvimento é marcado pela união de forças. “Somente um diálogo entre indústrias, comercio e a administração são capazes de promover o desenvolvimento”, disse.

O secretário-executivo da Assomec, Neco Prado, afirmou o evento atendeu a todas as expectativas. “Foi um evento grandioso, que reforça cada vez mais essa necessidade de integração, o fortalecimento de toda a nossa região metropolitana para que todos cresçam juntos”, analisou.

Além dos vereadores, os secretários municipais de Fazenda Rio Grande também participaram do evento.

No encontro, Borges dos Reis, representou o prefeito de Curitiba, Rafael Greca; além do presidente da Câmara de Vereadores, Serginho do Posto; Milton Paizani, de Rio Negro, Luiz Antônio Biscaia, de Mandirituba, Antônio Cesar, Tijucas do Sul, Patrik Magari, Cerro Azul, Gerson Colodel, Almirante Tamandaré, Carlos Stanback, Contenda, Luiz Claudio Costa, Balsa Nova, Luciane Teixeira, Agudos do Sul, Cláudio Casagrande, Campo Magro, Marli Paulino, Pinhais, Alcides, Adrianópolis;  e Maria Julia, Quitandinha.

O evento teve o apoio da AMP, CNM, Amsulepe, Assomec a Amlipa.